Notícias

ONU mostra na Fiema os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

    Dentre as tantas ofertas de conhecimento em gestão ambiental à disposição na Fiema, em abril, uma chama a atenção por envolver o nome das Organizações das Nações Unidas (ONU). O órgão é um dos artífices de um plano que objetiva estancar a pobreza, proteger o planeta e garantir paz e prosperidade à população mundial. Para alcançar essa ousada meta global até 2030, 17 motivos foram elencados para o projeto denominado Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – mais conhecido como ODS. Eles serão explicitados no dia 12 de abril, durante o Congresso Internacional de Tecnologia para Meio Ambiente, que ocorre como um dos seis eventos do FiemaCon – janela voltada ao networking e conhecimento na feira.

    Em Bento Gonçalves, o braço da ONU ligado ao desenvolvimento, o PNUD, será o responsável por apresentar o projeto. A primeira vez que a ideia de formar objetivos globais surgiu para atender a integração social, econômica e ambiental do planeta ocorreu durante a Rio+20, em 2012. Três anos depois, na Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, foi aprovada a Agenda 2030, cujo plano de ação inclui os 17 tópicos dos ODS.

    Esses podem ser considerados uma evolução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, lançados em 2000 como uma iniciativa também de caráter global e foco no combate à pobreza extrema e à fome. Apesar do avanço, o trabalho precisa seguir, e os ODS são uma extensão ousada que inclui outras metas e convoca todos habitantes a promover a transição para um futuro mais sustentável, num verdadeiro chamamento universal.

    Em vigor desde 2016, os ODS têm sua implantação intermediada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que atua em 170 países, e dá suporte a governos, alinhando seu trabalho às peculiaridades e necessidades de cada nação. Além do governo, para que a meta seja alcançada, é preciso o envolvimento de vários setores, como a sociedade civil, as empresas e os cidadãos comuns. Tudo para garantir um planeta melhor hoje e amanhã.

 

Programe-se

O que: palestra sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da ONU, no Congresso Internacional de Tecnologia para Meio Ambiente

Quando: dia 12 de abril, às 11h

Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves

Quanto: R$ 180, até o dia 31 (2º lote), com direito a acompanhar a programação inteira do dia. Após (3º lote), R$ 210. Os ingressos estão à venda pelo site fiema.com.br, na aba FiemaCon. Estudantes têm 50% de desconto. Para acompanhar os três dias do congresso, ingressos a R$ 300, R$ 320 e R$ 350, de acordo com cada lote. O combo FiemaCon, com acesso a todos os seis eventos, custa R$ 500, R$ 520 e R$ 550, respectivamente, por lote.

 

 

Os 17 objetivos

 1 – Erradicar a pobreza

2 – Fome zero e agricultura sustentável

3 – Saúde e bem-estar

4 – Educação de Qualidade

5 – Igualdade de Gênero

6 – Água potável e saneamento

7 – Energia acessível e limpa

8 – Trabalho decente e crescimento econômico

9 – Indústria, inovação e infraestrutura

10 – Redução das desigualdades

11 – Cidades e comunidades sustentáveis

12 – Consumo e produção responsáveis

13 – Ação contra a mudança global do clima

14 – Vida na água

15 – Vida terrestre

16 – Paz, justiça e instituições eficazes

17 – Parcerias e meio de implantação

 

Sobre a Fiema

    A Fiema Brasil – Feira de Negócios, Tecnologia e Conhecimento em Meio Ambiente – chega à oitava edição em 2018, agendada para ocorrer de 10 a 12 de abril, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS). Com previsão de reunir 200 expositores e público visitante de aproximadamente 10 mil pessoas, está consolidada como importante encontro estratégico no segmento de gestão ambiental. Além das oportunidades de negócio, tem uma agenda concomitante de atividades voltadas para a transmissão de conhecimentos na programação de eventos do Fiemacon. Quem assina sua realização é a Fundação Proamb, entidade com mais de 25 anos de atuação em soluções ambientais.

 

 

 

Programação

 

10 DE ABRIL - RECURSOS HÍDRICOS

A partir das 08:00 - Credenciamento

09:15 - Abertura

09:30 - Gestão de pequenas bacias hidrográficas - Palestrante: Carlos Tucci - Rhama

10:00 - Monitoramento da qualidade das águas subterrâneas - Palestrante: Carlos Tucci - Rhama(Pré-Confirmado)

10:30 - Vírus entéricos em águas superficiais - Uma questão de saúde pública - Palestratne: Fernando Rosado Spilki

11:00 - Pagamento por Serviços Ambientais - ANA - Agência Nacional de Águas

11:30 - Agrotóxicos, água e saúde - Palestrante: Neice Müller Xavier Faria

 

11 DE ABRIL - RESÍDUOS SÓLIDOS

A partir das 08:00 - Credenciamento

09:00 - Resíduos de Saúde - Palestrante: Dr. Dirk Bludau - Alemanha

09:30 - A gestão dos resíduos sólidos na América Latina - Palestrante: Prof. Geraldo - UCS

10:00 - Valorização de resíduos sólidos - Palestrante: Sr. Hannu Lepomaki - Finlândia

10:30 - Gestão Pós-Consumo - Palestrante: Wander Souza - Gerente de MA - Tetra Pak

11:00 - Processos para tratamento de resíduos - Palestrante: Wander Souza - Gerente de MA - Tetra Pak

 

 

12 DE ABRIL - TECNOLOGIAS AMBIENTAIS

A partir das 08:00 - Credenciamento

09:00 - Abertura

09:30 - Biotecnologias aplicadas a eliminação, em efluentes, de contaminantes emergentes - Palestrante: Claudia Etchebehere Arenas- Uruguai

10:00 - Biogás - Programa do Sul Palestrante: Sr Otto Fonseca Cardoso - Sulgás

10:30 - Processos avançados no tratamento de efluentes - Palestrante: Eduardo Cleto Pires

11:00 - ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - Palestrante: PNUD

Unidade Administrativa:
Rua São Paulo, 1068, Borgo, Bento Gonçalves - RS
CEP 95705-420

+55 (54) 3055.8700
proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2018 | Fundação Proamb