FIQUE POR DENTRO DAS

Notícias

BUSCAR NOTÍCIA

10/12/2020

SISTEMA DE SAÚDE TACCHINI INAUGURA ETE EM CARLOS BARBOSA


    Obra atenderá demanda do Hospital São Roque e da Casa de Repouso Elisa Tramontina

    Sob orientação da Fundação Proamb, uma das instituições de saúde mais reconhecidas da Serra gaúcha está inaugurando uma nova fase em sua gestão ambiental. O Hospital São Roque e a Casa de Repouso Elisa Tramontina, ambos em Carlos Barbosa e administrados pelo Sistema de Saúde Tacchini, de Bento Gonçalves, contam, desde o final de outubro, com uma moderna estação de tratamento de esgoto (ETE).

    O novo sistema havia sido, inicialmente, elaborado para atender alguns parâmetros de lançamento de efluentes do hospital solicitados pela Fepam. Mas, devido ao reconhecido cuidado com o meio ambiente do Tacchini, o projeto foi ampliado de modo a contemplar também a casa de repouso, anexa à casa de saúde. “Temos certeza de que todos os efluentes gerados pelo hospital e pela casa de repouso receberão tratamento. Ações como essas promovem grande resultados a longo prazo e nos dão a certeza de que estamos colaborando com a preservação do meio ambiente”, destaca Renato Conci, coordenador da área de Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) e de Meio Ambiente do Sistema Tacchini.

    Iniciada em 2019, a obra teve a primeira etapa concluída em outubro, após uma paralisação por conta da pandemia. No atual estágio, a ETE está recebendo todos os efluentes da casa de repouso e 60% do material gerado pelo hospital. Até o final de janeiro de 2021, quando deve ser finalizada a última etapa do projeto, os outros 40% dos efluentes serão direcionados para o tratamento. “A opção de realizar o processo em duas etapas foi estabelecida em projeto para auxiliar na formação de micro-organismos responsáveis pela degradação de material orgânico”, explica Conci.

    A obra ampliou a parceria entre a Proamb e o Sistema de Saúde Tacchini, para quem a fundação presta consultoria ambiental aos dois hospitais mantidos pela instituição, o São Roque e o Tacchini, em Bento Gonçalves. Ambas organizações também dividem a responsabilidade técnica das estações de tratamento.

    Nesta nova obra, além do tratamento do efluente, a estação possui um sistema de adição de cloro no final do processo para desinfecção, o que torna o procedimento ainda mais eficaz. A nova ETE cumpre também um papel que perpassa sua importância técnica no controle ambiental para adentrar no ambiente educativo. “Essa ETE representa um passo importante que o Hospital São Roque dá em relação à cultura de conscientização ambiental”, sustenta Conci.


MAIS SOBRE Engenharia

VEJA TAMBÉM

Matérias anteriores

VEJA TAMBÉM

Mais lidas

+30
anos
DE EXPERIÊNCIA
Empresa
Certificada
ISO 14001 | ISO 9001 | ISO 17025

7 unidades
de negócio

Entrar em contato no WhatsApp